Pular para o conteúdo

Melhor Placa de Vídeo para Edição | MSI, Asus e mais!

A melhor placa de vídeo para edição de vídeo precisa de uma ampla VRAM para acesso rápido aos dados e núcleos CUDA/processadores de fluxo para executar várias tarefas de processamento ao mesmo tempo. 

A edição de vídeos, especialmente em 1080p e 4K, exige uma placa gráfica capaz de acompanhar cada quadro, cada renderização e cada exportação com agilidade. Ela torna a aplicação de efeitos e de renderização um processo rápido e eficiente.

Produto

Detalhes

Preço

Placa de Vídeo MSI Ventus XS GTX 1650

Melhor placa de vídeo Nvidia para edições em 1080p

placa de video Mancer RX 5500 XT Streaky

Placa de Vídeo Mancer RX 5500 XT Streaky

Melhor placa de vídeo Radeon para edições em 1080p

placa de video Asus Dual RTX 3050

Placa de Vídeo Asus Dual RTX 3050

Melhor placa de vídeo para edições em 2K

placa de video MSI RTX 3080 Ventus 3X Plus

Placa de Vídeo MSI RTX 3080 Ventus 3X Plus

Melhor placa de vídeo para edições em 8K

gpu rtx 3060 gainward

Placa de Vídeo Gainward Ghost GeForce RTX 3060

Melhor placa de vídeo para edições em 4K

melhor placa de video para edição
Mateus Schneider

Mateus Schneider | Consultor

Mateus Schneider é formado pela UTF-PR em Engenharia de Materiais e atua como consultor do Guia de Compra. Ele utiliza sua experiência profissional na indústria para analisar hardwares, ferramentas e acessórios automotivos.

Nossos avaliadores especializados compararam e analisaram as melhores placas de vídeo para criadores de conteúdo, editores profissionais e cineastas. Escolhemos a melhor GPU para editar vídeo, seja para cortes casuais ou para edição profissional de vídeos longos em 4K. 

Durante nossa análise, comparamos aspectos essenciais como desempenho, custo-benefício e disponibilidade para que, seja qual for o seu projeto mais recente, haja uma placa de vídeo adequada ao tipo de trabalho. 

1° MSI Ventus XS GTX 1650

placa_de_vídeo_msi_gtx_1650_ventus

Compre Online!

A placa de vídeo MSI Ventus XS GeForce GTX 1650 é uma opção intermediária que oferece um equilíbrio entre preço acessível e bom desempenho para tarefas de edição de vídeo.

Embora possa não ser a placa de vídeo mais potente do mercado, ela oferece alguns recursos e capacidades notáveis que a tornam uma opção adequada para entusiastas de edição de vídeo e amadores. 

Quando se trata de edição de vídeo, a GTX 1650 tem um desempenho decente. Ela é equipada com 896 núcleos CUDA e uma velocidade de clock básica de 1485 MHz, que pode ser aumentada até 1665 MHz. 

Eles ainda são suficientes para lidar com a maioria das tarefas de edição de vídeo, especialmente para projetos com resolução de 1080p e complexidade moderada. Ela pode ser usada com vídeos extremamente longos e certos efeitos exigentes, mas com uma certa demora.

Entretanto, para fluxos de trabalho mais exigentes que envolvam filmagens de alta resolução acima de 1080p, a GTX 1650 pode ter dificuldades para acompanhar o ritmo, resultando em tempos de renderização mais lentos.

Uma das desvantagens da GTX 1650 Ventus XS é sua memória de vídeo limitada. Normalmente, ela vem com 4 GB de memória GDDR5, o que pode representar uma limitação ao trabalhar com arquivos de vídeo maiores. 

Para as necessidades básicas de edição de vídeo e projetos de complexidade média, a memória de 4 GB deve ser suficiente.

A MSI GeForce GTX 1650 é compatível com os softwares de edição de vídeo mais populares, incluindo Adobe Premiere Pro, Final Cut Pro e DaVinci Resolve. Ela suporta aceleração CUDA, que pode melhorar significativamente o desempenho de renderização e reprodução em aplicativos compatíveis. 

No entanto, lembre-se de que determinados efeitos e tarefas dependem muito mais da CPU do que da GPU, portanto, a configuração geral do sistema, incluindo o processador, desempenha um papel crucial na determinação da experiência de edição.

Ela apresenta um design de ventilador duplo com a tecnologia de resfriamento proprietária da MSI, que ajuda a manter as temperaturas da placa sob controle, mesmo durante sessões prolongadas de edição de vídeo. 

As ventoinhas operam silenciosamente em condições normais de carga, garantindo um ambiente relativamente livre de ruídos durante o trabalho em seus projetos.

Embora não ofereça o mesmo nível de desempenho que suas contrapartes mais caras, sua relação preço/desempenho a torna uma opção atraente para iniciantes ou pessoas com orçamentos limitados, que podem se beneficiar com uma CPU mais moderna do que uma GPU.

Se você tem um orçamento limitado e trabalha principalmente com filmagens em 1080p, a MSI Ventus XS GTX 1650 pode ser um investimento que vale a pena. Entretanto, se você lida com frequência com vídeos de alta resolução ou efeitos complexos, precisa considerar uma GPU mais cara.

Confira o melhor preço!


A CPU precisa ser capaz de acompanhar o desempenho da sua placa de vídeo. Veja quais são as melhores opções de CPUs LGA 1200CPUs LGA 1700 e CPUs LGA 1151.

2° Mancer RX 5500 XT Streaky

placa_de_vídeo_Mancer_RX_5500_XT_Streaky

Compre Online!

A RX 5500 XT é uma placa de vídeo fabricada para o segmento intermediário do mercado. Ela foi projetada para oferecer um equilíbrio entre preço e desempenho, o que a torna uma opção atraente para criadores de conteúdo com orçamento mais apertado. 

Embora não tenha as especificações mais avançadas, ela ainda oferece um nível de desempenho louvável para várias tarefas, inclusive edição de vídeo.

A RX 5500 XT é equipada com a arquitetura RDNA da AMD, que traz melhorias na eficiência energética e no desempenho em comparação com suas antecessoras. Ela possui 1408 Stream Processors e uma velocidade de clock base de 1607 MHz. 

Essas especificações permitem que a placa execute razoavelmente bem as tarefas de edição de vídeo, principalmente em projetos com resolução de 1080p e complexidade moderada. 

No entanto, para fluxos de trabalho mais exigentes que envolvam resoluções mais altas, como 4K ou efeitos pesados, a RX 5500 XT pode enfrentar algumas limitações e não oferecer o mesmo nível de desempenho das placas de vídeo mais avançadas.

Ela é muito similar a opção acima, inclusive em relação a memória. Ela vem com 4 GB de memória GDDR6, ideal para edições mais básicas, mas que pode lidar mais lentamente com arquivos de vídeo maiores e aplicação de vários efeitos simultaneamente. 

A AMD fornece atualizações contínuas de drivers para garantir a compatibilidade e otimizar o desempenho com aplicativos de edição mais populares. Ela também tem uma compatibilidade mais ampla com sistemas operacionais além do Windows.

Além disso, a placa suporta a tecnologia de codificação de vídeo acelerada por GPU da própria AMD, chamada AMD VCE (Video Coding Engine), que pode acelerar significativamente os processos de codificação, aprimorando ainda mais a experiência de edição.

A solução de resfriamento da RX 5500 XT conta com ventoinhas duplas e silenciosas. Mesmo durante cargas de trabalho pesadas (como editar vídeos, independe da resolução), ela se mantém termicamente estável.

A RX 5500 XT oferece preços competitivos, proporcionando um bom valor para seus recursos de desempenho. É uma opção atraente para usuários preocupados com o orçamento que ainda precisam de um desempenho decente na hora de editar vídeos. 

Para fluxos de trabalho mais exigentes que envolvam resoluções mais altas ou efeitos complexos, você vai notar uma lentidão e o processo de renderização vai ser menos eficiente. Ela não é voltada para esse segmento.

Os recursos, preço e compatibilidade de software da RX 5500 XT a tornam uma opção viável para usuários que trabalham com filmagens em 1080p e criadores de conteúdo e streamers que precisam fazer cortes e edições rápidas. 

Confira o melhor preço!


Vai montar um PC do zero? Confira quais são as Melhores placas-mãe AMD AM5 para PCs top de linha e as Melhores memórias RAM DDR5.

3° Asus Dual RTX 3050

placa_de_vídeo_Asus_Dual_RTX_3050

Compre Online!

A RTX 3050 atende o mercado intermediário, para quem precisa de uma placa de vídeo sólida e que não comprometa o desempenho no que diz respeito à edição de vídeo ou precisa de uma GPU que atenda tanto à edição de vídeo quanto aos jogos mais recentes.  

A Asus Dual RTX 3050 é a melhor placa de vídeo para editores com um orçamento limitado – uma GPU sólida e de baixo custo que, em nossa experiência, não compromete o desempenho para edição de vídeo e jogos com gráficos medianos.

Não é preciso dizer que uma placa de vídeo econômica não será capaz de lidar com tarefas criativas que envolvam visuais em 4K, mas ela pode lidar com 2K em algumas situações. 

No entanto, se você está apenas começando ou não vai muito além da resolução de vídeo de 2048p, a VRAM GDDR6 de 8 GB da RTX 3050, combinada com uma velocidade de clock aumentada de 1.780 MHz e 2.560 núcleos CUDA, será mais do que suficiente para você.

Apesar de seu preço baixo, a RTX 3050 vem com ray tracing e DLSS, algo que você não encontrará em outras placas de vídeo econômicas, como a GTX 1650 vista acima. Ela é, de fato, cerca de 70% mais rápida do que a GTX 1650. 

Ray tracing não vai ser usado na maioria das tarefas de edição, mas se você também faz renderizações 3D e precisa editá-las em vídeos, essa placa gráfica é a única opção barata que podemos indicar. Também é a torna ideal para uso misto, por exemplo, se você quer um PC intermediário para jogos e fazer edições casualmente.

A memória mais extensa da RTX 3050 a torna ideal para editar vídeos longos, você não vai precisar esperar alguns segundos depois de pular na linha de tempo. Seus dois ventiladores são relativamente silenciosos e lidam bem com picos de energia.

Em suma, a RTX 3050 é a escolha perfeita para tarefas moderadas de edição de vídeo e plataformas de jogos econômicas que desejam uma placa de vídeo barata com desempenho respeitável e suporte para os recursos mais recentes.

Confira o melhor preço!


Você também pode se interessar por: Melhores monitores certificados G-Sync e Melhores SSDs M.2.

4° MSI RTX 3080 Ventus 3X Plus

placa_de_video_MSI_RTX_3080_Ventus_3X_Plus.

Compre Online!

A MSI RTX 3080 Ventus 3X Plus é uma placa de vídeo de alta qualidade que oferece desempenho excepcional para tarefas de edição de vídeo (e qualquer outra tarefa pesada em que você a use). É a nossa recomendação principal para profissionais da área.

No coração da RTX 3080 está a principal GPU GA102 da NVIDIA, com 8.704 núcleos CUDA e uma velocidade de clock de até 1.800 MHz. Essa potência de processamento bruta, combinada com 10 GB de memória de vídeo GDDR6X extremamente rápida, fornece amplos recursos para lidar com projetos de vídeo em 4K e até 8K mesmo em alta resolução.

O RTX 3080 se destaca em tarefas de edição de vídeo aceleradas por GPU, como reprodução em tempo real, utilização de mais de um programa de edição ao mesmo tempo, renderização e aplicação de múltiplos efeitos visuais complexos. 

A RTX 3080 da MSI apresenta uma solução de resfriamento robusta, projetada para manter a placa funcionando em temperaturas ideais, mesmo sob cargas pesadas sustentadas. 

A configuração de ventilador triplo, combinada com um grande dissipador de calor e um design avançado de fluxo de ar, garante uma dissipação eficiente do calor, permitindo que a GPU mantenha altas velocidades de clock sem perder a eficiência térmica. 

Esse gerenciamento térmico é particularmente crucial para a edição de vídeo, pois tarefas intensivas como gradação de cores, composição e efeitos 3D exigem mais da placa de vídeo e podem gerar calor significativo. 

Os 10 GB de memória de vídeo GDDR6X do RTX3080 Ventus 3X PLUS são uma vantagem significativa para profissionais de edição. A memória de alta largura de banda oferece taxas de transferência de dados rápidas, permitindo a reprodução suave e o manuseio eficiente de filmagens de alta resolução.

Para trabalhar com vídeos em 4K ou 8K, os 10 GB de VRAM oferecem espaço suficiente para os arquivos gigantes, várias trilhas de vídeo e efeitos que exigem muitos recursos. Isso garante uma experiência de edição perfeita, sem restrições de memória.

A MSI RTX 3080 Ventus 3X Plus oferece um conjunto abrangente de saídas de vídeo, incluindo três portas DisplayPort 1.4a e uma porta HDMI 2.1. Essa flexibilidade permite conectar vários monitores de alta resolução para acomodar seu fluxo de trabalho.

Seu desempenho excepcional, a ampla memória de vídeo e o resfriamento eficiente fazem dela a escolha ideal para criadores de conteúdo, profissionais criativos, de marketing ou de cinema. Por outro lado, é difícil justificar esse preço se você só vai editar alguns vídeos simples de vez em quando.

Se você precisa do melhor desempenho da categoria para seus projetos de vídeo em 4K ou 8K, a MSI RTX3080 Ventus 3X Plus é um investimento que vale a pena, ela será capaz de lidar com qualquer tarefa extrema com facilidade.

Confira o melhor preço!


Um mouse para edição profissional e um teclado mecânico silencioso pode tornar seu trabalho mais eficiente, seja no escritório ou no home office.

5° Gainward Ghost GeForce RTX 3060

gpu rtx 3060 gainward

Compre Online!

A Gainward Ghost GeForce RTX 3060 12GB é uma placa de vídeo que pertence à série RTX 3000 da NVIDIA. Ela foi projetada para oferecer recursos de alto desempenho para jogos, criação de conteúdo e outras tarefas com uso intensivo de GPU. 

A Gainward Ghost RTX 3060 vem com uma velocidade de clock base de 1320 MHz e uma velocidade de clock turbo de 1777 MHz. Ela apresenta 3584 núcleos CUDA e 12 GB de memória de vídeo GDDR6. 

Essas especificações fornecem ampla potência para lidar com tarefas de edição de vídeo com facilidade, mesmo para projetos 4K e efeitos complexos. O desempenho da RTX 3060 é notavelmente superior ao das opções intermediárias, proporcionando tempos de renderização mais rápidos.

A GeForce RTX 3060 GHOST da Gainward vem com 12 GB de memória de vídeo GDDR6. Essa generosa capacidade de memória de vídeo permite a edição perfeita de filmagens de alta resolução e a aplicação simultânea de vários efeitos, mesmo em vídeos longos. 

A ampla memória de vídeo garante que a placa de vídeo possa lidar até mesmo com os projetos de edição de vídeo mais exigentes, sem enfrentar limitações de memória, resultando em processos de renderização e edição mais eficientes.

Ela suporta a tecnologia CUDA da NVIDIA, que permite a aceleração de GPU para várias tarefas de edição de vídeo. Com seus coolers duplos, a placa funciona em temperaturas ideais durante as sessões de edição de vídeo, garantindo estabilidade e longevidade.

A Gainward Ghost GeForce RTX 3060 12GB é uma placa de vídeo de alto desempenho que oferece recursos impressionantes para edição de vídeo em 4K. Apesar de não ser capaz de editar vídeos em 8K como a placa acima, ela tem um custo muito menor e ainda é capaz de atender profissionais. 

Se você estiver trabalhando com longas filmagens de alta resolução 4K, aplicando efeitos complexos ou buscando tempos de renderização ultra rápidos, a RTX 3060 está bem equipada para atender às suas demandas. 

Confira o melhor preço!


Veja quais são as nossas outras opções de placas de vídeo RTX 3060, placas de vídeo para CPU i7 e também quais são as melhores placas de vídeo para AutoCAD e workstations.

Preciso de uma placa de vídeo dedicada para edição de vídeo?

Você não precisa de uma placa de vídeo dedicada para edição básica de vídeo até 720p, mas ela pode tornar a experiência muito mais rápida e suave em qualquer resolução. Explicamos isso melhor no artigo sobre como montar um PC barato para edição.

A edição de vídeo exige muito dos chips gráficos de um PC, sejam eles dedicados ou integrados a CPU, principalmente ao usar filmagens de alta resolução.

Se você estiver fazendo qualquer tipo de efeitos visuais, animação, gradação de cores detalhada ou renderização acelerada por hardware, uma placa de vídeo dedicada é quase obrigatória para evitar uma experiência dolorosamente lenta e frustrante.

Se o seu software de edição for compatível com a aceleração de vídeo por hardware, a atualização da placa de vídeo do seu computador poderá proporcionar um aumento de desempenho interessante na edição de vídeo.

E praticamente todos os pacotes de edição populares são compatíveis, sendo que aplicativos profissionais como o DaVinci Resolve dependem muito mais da aceleração por hardware da placa de vídeo.

Posso usar uma placa de vídeo externa em um notebook?

Na maioria dos casos, não, mas existem alguns modelos de notebook capazes de suportar placas gráficas externas. 

Qualquer notebook já inclui um processador gráfico, seja uma placa de vídeo integrada na CPU nos modelos mais simples ou uma placa de vídeo dedicada da Nvidia e AMD nos modelos mais caros. 

Dito isso, em alguns modelos de notebooks mais avançados, pode ser possível adicionar uma placa de vídeo externa (eGPU) em um gabinete especializado. Elas são conectadas via Thunderbolt 3 ou USB-C. Você precisa ler as especificações técnicas com cuidado.

Se você precisa realizar edições de qualquer lugar, inclusive no local das filmagens, temos um artigo especial sobre os melhores notebooks para edição de mídias, e você pode considerar um Macbook Pro ou Air se eles estiverem dentro do seu orçamento.

Por que existem versões diferentes da mesma placa de vídeo?

Basicamente, existem três empresas que fabricam chips gráficos dedicados no mercado. Elas projetam e produzem cada chip, mas não fabricam e nem vendem nenhuma placa de vídeo por conta própria, apenas vendem seus chips para fábricas terceirizadas. 

Essas fábricas juntam os chips e mais todos os outros componentes necessários para criar uma placa de vídeo completa, como coolers, saídas de vídeo, componentes do fornecimento de energia, etc. 

Quando se trata do chip em si, há dois fabricantes principais: Nvidia e AMD, embora a Intel também tenha entrado no mercado recentemente. Mas os chips são comprados e adicionados em uma placa de vídeo por terceiros, como MSI, ASUS, Gigabyte, PowerColor, Zotac, Mancer, Gainward e Heindall. 

Se você quiser comprar uma Nvidia GeForce RTX 3080, por exemplo, encontrará várias marcas que oferecem esse chip em diferentes placas com recursos diferentes. Na análise acima, nós selecionamos especificamente a versão “Ventus 3X Plus” fabricada pela MSI do chip RTX 3080.

A forma como as marcas embalam o chip pode fazer uma grande diferença, pois podem adicionar mais memória, aumentar a velocidade do clock da GPU, o tamanho do dissipador de calor e a quantidade de ventiladores. Elas também decidem sobre as saídas de vídeo inclusas.

Observe que alguns fabricantes de placas oferecem versões com overclock de placas de vídeo populares, mas, a menos que você esteja buscando cada frame por segundo no desempenho de jogos, não achamos que valha a pena gastar mais em uma versão com overclock de fábrica.

O que é melhor para edição de vídeo, GTX ou RTX?

O prefixo GTX é usado para a geração mais antiga de placas de vídeo da Nvidia, que, ao contrário das placas RTX mais recentes, não vêm com núcleos RT dedicados para ray tracing (traçado de raios) em tempo real. 

Normalmente, o ray tracing não é usado diretamente no processo de edição de vídeo, onde o foco está mais na manipulação e edição de filmagens existentes do que na geração de novas imagens. Portanto, você pode economizar um pouco escolhendo a versão GTX da placa gráfica.

Dito isso, alguns softwares de edição de vídeo de ponta, especialmente aqueles com recursos 3D, podem incorporar a tecnologia para fins específicos. Por exemplo, se você estiver trabalhando com modelos 3D ou compondo elementos CGI em filmagens ao vivo, o ray tracing poderá ser usado para melhorar o realismo da iluminação e dos reflexos na cena. 

Me siga!
Redator em Guia de Compra
Formado em jornalismo pelo CES-JF e redator com mais de 10 anos de experiência. Ian Rodrigues fundou o Guia de Compra com a visão de criar um espaço especializado e confiável, com artigos revisados por especialistas e recomendações independentes.
Ian Rodrigues
Me siga!
Últimos posts por Ian Rodrigues (exibir todos)
melhor placa de video para edição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *