Montando um computador para edição de vídeo por menos de R$ 4.000

pen drive sandisk extreme pro
Os 7 melhores pen drives de 2018 em todas as categorias
24 de novembro de 2018
tv box sunvell plus
As Melhores TV box Android de 2018
6 de dezembro de 2018

Montando um computador para edição de vídeo por menos de R$ 4.000

computador barato para edição de vídeo

Não importa se você usa uma câmera DSLR ou mirrorless, a produção de vídeos está rapidamente se tornando um passatempo popular.

Se você é um iniciante nesse mundo ou já edita vídeos como um profissional, uma máquina poderosa é quase um pré-requisito para a produção de vídeos. Neste artigo, vamos falar sobre o que você precisa observar ao montar um PC para edição de vídeo em alta resolução, juntamente com a melhor máquina que você pode montar com menos de 4.000 reais.

 

Escolhendo as partes do PC para edição de vídeo profissional

Antes de tomar qualquer decisão de compra, é importante considerar suas necessidades. A edição de vídeo é apenas um hobby no momento, ou você gostaria de fazer isso profissionalmente no futuro? Você vai editar vídeos em 4K de várias câmeras profissionais, ou você vai trabalhar com vídeos caseiros de sua família ou pro Youtube? Um dos fatores mais importantes que determinam suas necessidades de edição é o codec usado. A grande maioria das câmeras para consumidores finais, e até DSLRs de nível profissional como a Canon T6i, gravam vídeos em um formato altamente compactado, como o H.264. Esse formato é incrível para reduzir o tamanho de seus arquivos, mas é muito difícil para os computadores editarem, já que o arquivo precisa ser primeiro descompactado na hora.

Os codecs profissionais, como o Apple ProRes ou o Avid DNxHD, exigem muito menos recursos do sistema para serem editados, mas os tamanhos dos arquivos são muito maiores, e poucas câmeras e filmadoras básicas podem gravar nesse formato.

Como regra geral, você quer comprar o melhor processador e a melhor placa gráfica possível, além de um disco rígido rápido de no mínimo 1TB. Uma quantidade razoável de RAM também é necessária, mas não é tão importante quanto a CPU e a GPU.

O sistema recomendado abaixo é adequado para edição de vídeo em 4K, que já é um tanto comum agora e vai ficar muito mais no futuro, mas você pode querer modificá-lo com base em suas necessidades. Se você não tem experiência com montagem de computadores, pode querer dar uma olhada em um tutorial antes.

 

A placa-mãe e processador para edição de vídeos 4K

A placa-mãe é o coração do seu computador. Embora seja improvável que grandes aumentos de desempenho sejam obtidos em modelos diferentes, é importante ter as especificações certas para suas necessidades, além de um soquete apropriado para seu processador.

Vamos começar com o processador. Depois de escolhido, fica muito mais fácil selecionar uma motherboard adequada.

Ao editar vídeos, mais núcleos de processador geralmente proporcionam um aumento maior no desempenho em relação a núcleos individuais mais rápidos. Por sorte, a recente linha Ryzen da AMD conta com vários cores e é mais barata que as outras opções equivalentes da Intel. A CPU AMD Ryzen 5 1600 3.2ghz é provavelmente sua melhor opção.

Embora este não seja um processador top de linha, os seus 6 núcleos e 12 threads a até 3,6 GHz são mais do que suficientes para a maioria das tarefas de edição. Acrescente o consumo de energia de 65 watts e o ótimo cooler Wrath Spire que vem junto a CPU e você tem um verdadeiro vencedor.

Se você puder investir mais, pode escolher o Ryzen 7, mas não é necessário para todas as tarefas, exceto as mais exigentes. Se você planeja ficar dentro do orçamento original e souber o que está fazendo, o Ryzen 5 pode ganhar uma performance a mais por ser muito amigável ao overclocking.

A placa-mãe Asus ROG STRIX B350-F é outro hardware de performance sólida que funciona muito bem para editores de vídeo. Ele pode suportar até 64 GB de RAM DDR4, vem com PCIe 3.0 e USB 3.1 e suporta SSDs M.2, caso você queira comprar um armazenamento melhor no futuro.

 

A quantidade certa de memória RAM

Qualquer equipamento de edição decente precisa de uma boa quantidade de memória RAM. A placa-mãe da Asus acima suporta DDR4 a velocidades de até 2.666MHz – o que pode ser expandido com overclock.

Se você precisa editar vídeos RAW 4K a 60FPS, uma memória RAM de 16GB (2×8), como a Corsair Vengeance LPX, é o mínimo recomendável. Se você não vai editar vídeos tão pesados assim, uma memória RAM de 8GB é o suficiente, desde que você tome o mínimo de cuidado para não rodar muitos programas sedentos de RAM ao mesmo tempo.

A memória RAM provavelmente é o melhor componente interno para se comprar usado, elas não costumam ser usadas de forma exagerada e não possuem partes móveis, mas lembre-se que essa também é a peça que mais costuma dar problemas no computador, mesmo quando compradas novas. Você deve decidir se está disposto a comprar mais barato usado, sem garantia, e simplesmente comprar outra caso a peça dê problema.

 

Discos rígidos e SSDs para armazenamento de vídeos pesados

Um grande disco rígido é um item indispensável para um equipamento de edição de vídeo matador. Unidades digitais rápidas são necessárias para sessões de edição pesadas, mas também é necessária uma grande capacidade. Qual é a solução?

O novo formato de armazenamento digital: M.2 SSD.

M.2 Os SSDs NVME são alguns dos SSDs mais rápidos que você pode comprar. Enquanto Samsung 960 série são considerados reis dessa categoria, eles são muito caros e não cabem nesse nosso orçamento. Uma solução é rodar o sistema operacional e os seus programas dentro de um SSD menor, como o SSD Western Digital Green de 240GB e utilizar um disco rígido de 1TB para os arquivos de vídeo.

Você sempre pode adicionar um SSD maior depois ou usar um NAS, como o WD Expert Series EX2 Ultra 2, se precisar de mais armazenamento no futuro.

Um SSD usado costuma ser uma compra segura por não possuir partes móveis, já o disco rígido comum pode dar muitas dores de cabeça se comprado usado. Independente da peça ser usado ou nova, você precisa ter uma política de backup séria para evitar perdas de dados, que podem acontecer a qualquer momento (inclusive agora, enquanto você está lendo esse artigo. Faça um backup!), mantenha cópias físicas separadas e cópias em armazenamento na nuvem.

 

Placa gráfica (GPU) para edição de vídeo

A placa gráfica é uma parte essencial do seu equipamento de edição. Embora você possa não perceber isso durante os cortes e os efeitos básicos, você realmente notará essa necessidade ao renderizar ou ao trabalhar em composições no After Effects, como texto de rastreamento de movimento. O problema é que essa provavelmente é a parte mais cara de qualquer computador atualmente, então para ficar dentro do orçamento, você vai precisar de um GPU de entrada.

A GeForce GT 1030 2GB tem um desempenho sólido, com 2GB de RAM GDDR5, por um preço aceitável. Assim como o restante dos componentes, essa não é a placa gráfica mais nova ou mais rápida disponível, mas vai servir bem o suficiente na maioria dos casos. As placas gráficas estão sofrendo uma alta de preços nunca vista antes por causa da mineração digital, você pode até investir em uma 1070 ou 1080, mas elas certamente vão ultrapassar muito o orçamento total. Também por causa da criptomineração, não é recomendável comprar um placa gráfica usada, pois elas costumam ser levadas ao extremo por longos períodos e podem ter seu tempo de vida útil encurtado.

 

Outros componentes necessários

Depois que todas as peças centrais foram escolhidas, sobra pouco para o restante das peças necessárias para o computador funcionar.

Se você quer ser realmente frugal, você pode instalar o Linux e começar a editar no Davinci Resolve. Embora este editor não linear tenha um desempenho sólido, ainda falta alguns recursos no Linux – mas é um sistema operacional e editor de vídeo gratuito, então não dá pra exigir muito mais do que isso.

Se você não é fã do Linux ou prefere editar seus vídeos em produtos da Adobe, o Windows 10 Professional Edition é uma opção sólida, embora consuma uma grande parte do orçamento restante. Uma opção não muito profissional é simplesmente não ativar o Windows 10, você não vai poder personalizar a aparência do Windows, mas todo o resto do sistema operacional funciona e você recebe updates normalmente. Não dá pra saber se isso vai durar pra sempre, então esteja preparado e economize para poder comprar uma licença logo.

Não dá pra economizar muito na fonte, pois uma de baixa qualidade pode quebrar todas as peças anteriores e causar um enorme prejuízo. Para uma fonte de alimentação, a EVGA B1 de 500W é uma excelente opção e fornece energia mais que suficiente para o hardware atual e mais alguns updates no futuro. Antes de fazer qualquer atualização de hardware, certifique-se de que a fonte aguentara a nova necessidade energética.

Finalmente, você pode usar um gabinete como o Corsair Carbide Spec-02 para juntar todas as peças citadas. Mas você pode escolher qualquer gabinete com conexão USB 3.0 que quiser, já que a aparência do gabinete é uma questão de gosto pessoal. Obviamente, essa é uma peça que pode ser comprada usada sem muitos problemas, só se certifique de limpa-la antes de usar. Depois de escolher um gabinete que te agrade, basta montar tudo e seu computador para edição de vídeo estará pronto!

 

Considerações finais

Todos esses componentes formam um equipamento de edição de vídeo incrível, mas sem gastar uma fortuna! O uso de peças mais rápidas ou melhores certamente renderá um aumento no desempenho, mas nem sempre isso será necessário. É melhor começar com um mais simples e ver se alguma peça precisa de um upgrade conforme você o usa, em muitos casos, um upgrade nem será necessário por muitos anos. Você também pode dar uma olhada em outras dicas de como economizar ao comprar um PC novo, muitas delas servem para quem está montando o computador peça-por-peça.

Se você precisar de um pouco de prática para montar seu computador, não se esqueça de assistir um bom tutorial no Youtube, como o abaixo:

Equipe
Equipe
A equipe do Guia de Compra está sempre pesquisando pelos melhores produtos e preços para que você economize tempo. Todos os dias nós analisamos centenas de produtos para achar o que melhor se adapta a você e ao seu bolso.