Melhor Detector de Fumaça de 2020

detector de fumaça

Os detectores de fumaça salvam vidas. Proteja o que mais importa para você instalando um detector de fumaça na sua casa ou comércio. Abaixo, você encontrará os melhores detectores de fumaça do mercado, além de outras informações sobre segurança contra incêndio que podem manter sua família protegida. Ao pesquisar sobre os melhores detectores de fumaça, consideramos inúmeras análises de compradores e especialistas, além de fatores como a facilidade de instalação e manutenção.

detector de fumaça barato

Detector de Fumaça DFA 620 – Intelbras

Detector De Fumaça DFE 520 – Intelbras

Cerca de R$ 75Cerca de R$ 130
Compre onlineCompre online

Nosso guia indica detectores que duram pelo menos cinco anos, são fáceis de instalar e, o mais importante, alertam sua família quando houver detecção de fumaça em qualquer horário. Com as nossas principais recomendações, ferramentas e dicas, você poderá escolher o detector de fumaça perfeito para sua casa com facilidade.

Melhores detectores de fumaça:

Detector de Fumaça Autônomo Intelbras DFA 620

detector de fumaça barato

Esse detector de fumaça autônomo é a solução perfeita para residencias, apartamentos e pequenos comércios. Seu funcionamento é simples, assim como a instalação e a manutenção, pois ele foi projetado para fácil de user por qualquer usuário. Basta inserir a bateria 9V no aparelho e fixá-lo ao teto. Possui um LED indicativo de funcionamento e um modo de teste, que permite que você garanta o funcionamento correto do aparelho rapidamente.

 

Detector De Fumaça Endereçável Intelbras DFE 520

Ideal para ser usado dentro de um conjunto mais amplo de proteção contra incêndios, esse detector de fumaça da Intelbras foi projetado para uso profissional. Por ser endereçável, ele vai disparar um alarme local e ao mesmo tempo se comunicar com uma central de alarme, tornando-o uma peça central no Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio (SDAI) de empresas e comércios. Ele conta com um baixo consumo de energia e LED indicativo de funcionamento.

 

Por que equipar sua casa com um detector de fumaça?

Metade de todas as mortes por incêndio acontece entre às 23:00 e 07:00, quando a maioria das pessoas está dormindo. Uma maneira de aumentar suas chances de sobreviver a um incêndio em sua casa é instalar alarmes de fumaça, mas esses dispositivos não duram para sempre. É recomenda a substituição dos detectores de fumaça 10 anos após a data de fabricação, que geralmente é encontrada na parte de trás do alarme. É uma boa ideia substituir todos os seus alarmes de fumaça ao mesmo tempo e usar unidades fabricadas pela mesma marca para facilitar essa troca.

Ao comprar detectores de fumaça, você precisa saber que tipo de sensores os detectores possuem: fotoelétrico ou ionização. Os sensores fotoelétricos fazem um ótimo trabalho na detecção de incêndios de queima lenta. Os sensores de ionização são melhores na detecção de incêndios em chamas que ardem rapidamente. Os sensores de ionização são mais populares e mais baratos, mas um pouco menos eficazes. Se possível, tente instalar pelo menos um de cada tipo de alarme.

 

Quantos detectores de fumaça sua casa deve ter?

Essa é uma pergunta complicada porque vai depender do layout da sua casa. Em casas de madeira, o ideal é ter um detector de incêndio em cada quarto onde as pessoas dormem, um alarme nos corredores fora dos quartos e um alarme na cozinha, onde a maioria dos incêndios começam. Em casas de alvenaria, um detector na cozinha e um no corredor que levam aos quartos devem ser suficientes. Qualquer local com mais de um andar deve seguir essas orientações e adicionar pelo menos um detector por andar, independentemente dos cômodos.

Por fim, você ainda pode aumentar a segurança de casa usando um detector de monóxido de carbono. No geral você deve manter pelo menos um detector de CO em cada andar, e se possível, um em cada quarto ocupado na casa. Um extintor de incêndio também pode ser um salva-vidas. Não apenas um extintor de incêndio pode apagar pequenos incêndios, mas também pode ser usado para abrir um caminho de fuga no caso de um incêndio violento. Mais uma vez, coloque um em cada andar.

Enquanto você melhora a segurança contra incêndio da sua casa, reserve um momento para elaborar um plano de fuga para os membros da família. Esse talvez seja o passo mais importante, pois qualquer equipamento de detecção ou combate contra foto não será efetivo se você for pego de surpresa e não souber o que fazer e para onde ir. Planeje rotas de fugas, considerando tanto portas quanto janelas térreas, e pratique-as regularmente com sua família.

 

Diferença entre detectores de fumaça

Com fio versus operado por bateria

Os alarmes de fumaça com fio se conectam à fiação e ao sistema elétrico da sua casa. Eles geralmente requerem instalação profissional e podem não funcionar durante quedas de energia. Na outra ponta, os detectores de fumaça a pilhas são bem mais fáceis de instalar e funcionam de maneira independente da energia elétrica da casa, mas você deve sempre testar o aparelho para se certificar que as pilhas ainda tem carga e trocá-las regularmente.

Existem detectores de fumaça que combinam essas duas alimentações, funcionando através da energia elétrica e usando uma bateria interna caso a energia seja interrompida. Isso garante dois métodos de alimentação ao mesmo tempo.

Métodos de detecção: ionização vs. fotoelétrica

Os alarmes de fumaça por ionização respondem a incêndios que surgem rapidamente de objetos e líquidos inflamáveis, geralmente produzindo grandes labaredas. Por outro lado, os detectores fotoelétricos de fumaça funcionam melhor após um período de acumulo de fumaça de incêndios mais lentos.

Mais uma vez, existem detectores de fumaça com sensores duplos no mercado, que funcionam bem para qualquer tipo de incêndio. Detectores de fumaça com sensores duplos de detecção fotoelétrica e por ionização são os mais recomendados.

 

Fatos que devem ser levados em conta

  • De acordo com a Associação Nacional de Proteção contra Incêndios (NFPA) dos Estados Unidos, 25% das falhas no detector de fumaça decorrem de baterias gastas.
  • Os detectores de fumaça reduzem pela metade as mortes por incêndio. No entanto, em quase 40% das mortes recentes por incêndio em casa, não havia um detector de fumaça em casa, segundo dados da FEMA.
  • A Cruz Vermelha informou que se todas as casas dos EUA tivessem alarmes de fumaça funcionando, quase 900 pessoas poderiam ser salvas anualmente de mortes por incêndio em domicílios.
  • Apesar de sua utilidade indiscutível, falsos-alarmes ainda são uma ocorrência comum. O NFPA relatou 63% das mais recentes detecções de alarmes de fumaça ocorreram devido a vapores e fumaça vindas de preparos culinários. Instalar o detector a três metros de distância da área de cozimento ajuda a evitar esses alarmes-falsos.

 

Benefícios dos detectores de fumaça

Todo detector de fumaça tem um objetivo – melhorar a segurança contra incêndio e contra a fumaça tóxica criada por ele. As opções são infinitas, mas devem ser adaptadas ao que funciona melhor para sua casa. Lembre-se de comprar sempre de um fabricante confiável e leia todos os manuais antes da instalação.

Independentemente das opções, os detectores de fumaça são itens essenciais quando se trata de segurança em casa. Aqui estão os benefícios mais comuns.

  • Detecção mais rápida de fumaça. Quanto mais cedo o detector encontrar perigo, melhor. Segundos extras para evacuar a casa com segurança podem evitar a inalação de fumaça e queimaduras de pele. Lembre-se de ter um plano de evacuação de incêndio para uma saída rápida e segura se o alarme tocar, que deve ser treinado algumas vezes durante o ano com toda a família.
  • Segurança econômica contra incêndios. A maioria dos detectores de fumaça custa menos de US $ 15 e geralmente pode ser comprada em conjuntos de dois ou mais para obter uma maior economia de custos. Os detectores de fumaça inteligente, que se conectam a internet, podem ser mais caros, mas trazem benefícios adicionais como notificações no celular, comandos de voz e fácil sincronização com outros dispositivos domésticos.
  • Monitoramento fácil. Os protocolos de manutenção dos detectores de fumaça geralmente são rápidos e simples. Você pode definir um lembrete mensal no seu celular para aspirar o pó acumulado pelo detector e trocar as baterias anualmente. Essas rotinas regulares mantêm a casa pronta para o primeiro sinal de problema. Aprenda mais sobre a manutenção de detectores de fumaça abaixo.

 

Dicas de manutenção do detector de fumaça

  • Esteja sempre ciente da data de validade do seu alarme de fumaça. A maioria dos detectores de fumaça deve ser substituída a cada 10 anos.
  • Defina lembretes para testar e limpar os detectores de fumaça mensalmente para garantir que estejam limpos e funcionando corretamente.
  • Mesmo que as pilhas não estejam fracas, elas devem ser trocadas anualmente.
  • A FEMA relata que a maioria das mortes por incêndio em casa ocorre durante a noite. Como medida de proteção, instale um alarme de fumaça em todos os quartos ocupados.
  • A melhor localização para os detectores de fumaça é no teto, mas se você precisar montá-los na parede, certifique-se de instalá-los entre 15 e 30 centímetros do teto. Além disso, evite colocar alarmes de fumaça a até três metros dos utensílios de cozinha para evitar alarmes falsos.

 

Medidas simples de prevenção contra incêndios

Apesar de não ser possível listar todas as incontáveis medidas de segurança que podem ser adotadas no seu lar para prevenir incêndios, confira algumas dicas simples que devem ser adotadas por todas as famílias:

  • Faça uma vistoria profissional da tubulação de gás da sua casa anualmente e nunca tente realizar reparos ou modificações por conta própria.
  • Caso você utilize botijões de gás, verifique a data de validade da mangueira e só compre de distribuidoras credenciadas. Não passe a mangueira por trás do fogão pois essa parte pode sobreaquecer facilmente.
  • Mantenha o papel-toalha e panos longe do fogão e de qualquer outro eletrodoméstico.
  • Feche as saídas de gás ou a trava do botijão quando for sair de casa e durante a noite.
  • Não mantenha muitos aparelhos elétricos ligados em uma única tomada utilizando extensões ou benjamins. A quantidade segura depende das especificações da tomada e do consumo dos aparelhos, seguindo uma fórmula matemática. Caso você não tenha certeza absoluta dessas especificações, utilize apenas um aparelho por tomada.
  • Não pendure tecidos por cima de aparelhos elétricos como aquecedores ou ar condicionados portáteis. Também tenha certeza que as cortinas não encostam nesses aparelhos.
  • Não fume dentro de casa e tenha certeza que a bituca está totalmente apagada antes de descartá-la em qualquer recipiente próprio.
  • Ao detectar qualquer sinal de incêndio, saia de casa e ligue para o número do Corpo de Bombeiros, o 193. Certifique-se de todos os seus familiares saibam para onde ligar.
Equipe
A equipe do Guia de Compra está sempre pesquisando pelos melhores produtos e preços para que você economize tempo. Todos os dias nós analisamos centenas de produtos para achar o que melhor se adapta a você e ao seu bolso.