Como escolher a melhor câmera digital em 2018

Aparador de barba em uso
Como escolher o aparador de barba certo – 2018
2 de junho de 2018
Exercícios em casa
Como construir uma academia caseira sem gastar muito
14 de junho de 2018

Como escolher a melhor câmera digital em 2018

Câmera digital sobre um livro

Comprar uma câmera pode ser uma tarefa difícil. Há muitos tipos diferentes para escolher e os preços variam muito, com os modelos mais básicos custando cerca de R$ 400 e modelos top de linha ultrapassando os R$ 25.000. Pensar nas suas necessidades e pesquisar sobre as principais características a se observar em uma câmera fotográfica irá te ajudar a fazer uma boa compra.

Se você está apenas começando, a primeira decisão é escolher uma câmera compacta ou avançada. Aqui está a diferença: se você planeja apenas apontar a câmera e tirar uma foto sem maiores preocupações, você precisa de um modelo compacto, também chamado de point-and-shoot ou aponte-e-dispare. Se às vezes você quer mexer com as configurações de exposição ou até mesmo trocar as lentes, você deve olhar para as câmeras avançadas, como as SLR e DSLR.

Depois de tomar essa primeira decisão, é hora de pensar nos detalhes. Um dos seguintes seis tipos de câmera – três básicos e três avançados – será ideal para você.

 

Quatro categorias de câmeras

Existem dois tipos de câmeras básicas e dois tipos de câmeras avançadas. Aqui estão o que eles custam e o que eles podem fazer. (Limite a sua escolha para um ou dois tipos, e as compras se tornam muito mais fáceis.)

Câmeras básicas

As câmeras básicas de apontar e disparar são usadas basicamente da maneira como você tira fotos com um smartphone. Basta configurar a câmera no modo totalmente automático ou de cena e disparar. Você tem apenas um controle superficial sobre as configurações de exposição e você não pode trocar as lentes, mas essa simplicidade pode ser um ponto positivo para uma parte dos usuários e elas são mais baratas que os modelos avançados. Se você precisa apenas de uma câmera simples para registrar encontros familiares ou as suas férias e não quer saber de detalhes técnicos, você deve escolher entre essas duas categorias abaixo:

  • Câmeras compactas (ou point-and-shoot) – Estas são câmeras simples e portáteis, são prjetadas para fotógrafos casuais. Os modelos mais novos contam com recursos wireless e de estabilização de imagem. Algumas dessas câmeras possuem telas sensíveis ao toque. Quase todas são leves e finas, o que as torna ideais para carregá-las no seu bolso ou bolsa. Se você está pensando em usa-las em shows ou jogos de futebol, onde você estará longe da ação e precisa de um zoom poderoso, pode achar câmeras compactas com zoom óptico de até 40x. Os modelos mais simples são encontrados por cerca de R$ 400, já os modelos mais avançados podem ultrapassar os R$ 4.500 e podem ter recursos comparáveis a de uma câmera profissional mais antiga.
  • Câmeras compactas à prova d’água – se quiser tirar fotos ou vídeos no fundo de uma piscina ou debaixo das ondas do mar, você precisa de uma câmera a prova d’água. Observe que as capacidades variam: algumas câmeras nesta categoria afirmam ser impermeáveis a 50 pés, enquanto outras podem ser submersas apenas por uma fração dessa profundidade. Com a construção do chassi interno e externo reforçada, a maioria dessas câmeras também são robustas o suficiente para sobreviver a uma queda de vários metros e funcionar corretamente em temperaturas mais frias. Você pode achar essas câmeras por cerca de R$ 800 até R$ 1.000. É bom notar que a popularidade dessas câmeras à prova d’água dedicadas caiu consideravelmente nos últimos anos com a chegadas das câmeras esportivas, como os modelos GoPro, que foram projetadas especificamente para esportes e tem um design diferente.

Câmeras profissionais / semiprofissionais

Se uma câmera oferece um controle fino sobre as configurações de exposição, agrupamos-as com os modelos avançados. Mas esse é apenas um dos elementos que separa essas câmeras. Todos eles têm grandes sensores de imagem e outros recursos para ajudar a produzir imagens de alta qualidade, podem ter suas lentes trocadas e podem receber acessórios externos como flashes.

  • Mirrorless – estes modelos aceitam lentes intercambiáveis, como as SLRs, mas são menores e mais leves. Um ponto negativo: a maioria não têm um visor eletrônico através da lente. As configurações são ajustadas através de botões e um menu na tela. As câmeras Mirrorless possuem grandes sensores para imagens super detalhadas. Alguns modelos caros têm sensores full frame; Estes são do tamanho de um filme de 35mm e melhoram o desempenho em condições de baixa iluminação. Os modelos Mirrorless também podem capturar arquivos RAW. Essas câmeras costumam ser caras e os modelos mais básicos custam cerca de R$ 3.300.
  • DSLRs e SLRs – Uma DSLR refere-se às câmeras SLR que podem tirar fotos digitais, ou seja, tirar a foto e armazená-la em formato digital, como em um cartão de memória. Por outro lado, as câmeras SLR que tiram fotos e as armazenam em filmes fotográficos, esses modelos raramente são usados hoje em dia. São câmeras de lentes intercambiáveis, e a maioria é compatível com várias lentes. Contando com a maioria dos recursos disponíveis, eles também são os modelos maiores e mais pesados. Todas as DSLRs possuem grandes sensores para melhorar a qualidade da imagem em pouca luz. Estes modelos são voltados para fotógrafos profissionais e entusiastas e os modelos mais simples custam cerca de R$ 1.30º, já as câmeras avançadas de última geração podem custar mais de R$ 26.000.

Câmeras digitais variadas

Pense primeiro nas suas necessidades

Um erro que comum que alguns compradores de câmeras digitais cometem é não saber exatamente para quê a câmera será usada, sem ter um objetivo em mente, não dá pra saber quais características são realmente importantes para você e quais são um gasto desnecessário. Algumas perguntas para se fazer antes de ir às compras:

  • Qual é o seu orçamento?
  • Que tipo de fotografia você vai tirar? (retratos, paisagens, macro, esportes)
  • Em que condições você estará fotografando na maior parte do tempo? (dentro de casa, ao ar livre, pouca luz, luz artificial, de noite)
  • Você quer algo simples, que funcione bem no modo automático, ou quer aprender a arte da fotografia e aprender a mexer nas configurações?
  • Qual nível de experiência você tem com câmeras?
  • Que tipo de recursos você está procurando? (zoom de longo alcance, estabilização de imagem, visor LCD grande ou dobrável, etc.)
  • Qual a importância do tamanho e do peso para você?

Faça a si mesmo estas perguntas antes de comprar uma câmera e você estará em uma posição muito melhor para tomar uma decisão quando vir o que está em oferta. Você provavelmente encontrará a vendedores em lojas físicas fazendo essas perguntas de qualquer maneira – por isso, ter pensado nelas antes ajudará você a obter a câmera digital correta, sem cair em tentações caras e inúteis para o seu caso.

 

Especificações que realmente importam

Uma vez que você tenha uma idéia geral do tipo de câmera que deseja comprar e quanto você deseja gastar, você pode começar a pesquisar as especificações. Basta lembrar que nenhuma especificação ou recurso exclusivo pode dizer se uma câmera está boa ou não.

As contagens de megapixel, em particular, quase podem ser ignoradas hoje em dia – mesmo que sejam mencionados de forma proeminente em anúncios e descrições. Em geral, quanto mais megapixels uma câmera tem, melhor a resolução ao imprimir uma imagem em um determinado tamanho, mas todas as câmeras no mercado têm megapixels suficientes para a maioria dos usos. Você só precisa de mais de 16 megapixels se quiser fazer impressões enormes de suas fotos.

Então, se megapixels não importam muito, o que você deve procurar? Aqui estão algumas características importantes a serem consideradas.

  • Tamanho do sensor – Quando você ouve “sensor”, pense em “filme”. Este é o chip dentro de uma câmera digital que captura a imagem. E quanto maior o sensor, melhor será o desempenho, especialmente em condições de baixa luminosidade. Alguns modelos caros incluem um sensor full-frame, o maior sensor disponível em modelos para consumidores. Infelizmente, não existe um padrão de medida uniforme. Por exemplo, os sensores grandes incluem sensores de 1 polegada e sensores full-frame de 35mm, que, como você pode ver, são medidos de forma diferente. No entanto, se você estiver interessado em qualidade, obtenha o maior tamanho de sensor possível. Muitas vezes, você pode encontrar essas informações na página de produto da câmera no site do fabricante. Além disso, você pode pesquisar a frase “tamanhos de sensores de câmera” on-line para encontrar gráficos que mostrem os tamanhos comparativos de sensores de imagem. Em geral, a maioria das câmeras que incluem um sensor de 1 polegada (12,8 mm x 9,6 mm) ou maior podem ser consideradas câmeras avançadas e vão oferecer uma ótima qualidade de imagem.
  • Lente de zoom óptico – Mesmo as câmeras mais baratas incluem pelo menos uma lente de zoom óptico de 3x, que é mais do que o que você obtém de seu smartphone. Se você planeja fotografar muitos eventos esportivos ou shows, considere uma lente com zoom óptico de 24x ou mais, mas quanto mais zoom óptico, melhor, e algumas câmeras compactas possuem zooms de até 40x. Algumas lentes de zoom têm intervalos muito longos. Por exemplo, esta foto da lua abaixo foi filmada com o superzoom Coolpix P900 da Nikon, que inclui uma lente de zoom de 24mm a 2000mm. Existe um ponto negativo: quanto maior o zoom, maior e mais pesada a câmera, então os modelos que alcançam as maiores distâncias não costumam ser muito práticos de se carregar.

Diferença entre zoom 30x e zoom 80x

  • O tipo de flash – Quase todas as câmeras possuem um flash embutido superior ao que você encontraria em um smartphone. Algumas câmeras permitem ajustar o brilho. Se você realmente quer tirar boas fotos de noite ou em ambientes internos, invista em um flash externo. Isso pode dar-lhe um enorme controle sobre a força e direção da luz e pode transformar fotos escuras e medíocres em obras de arte.
  • Filmagem em 4K – Se você tem uma HDTV ou monitor 4K, veja se sua câmera pode gravar vídeo em Ultra HD, ou 4K, que possui uma resolução maior do que o vídeo de alta definição.
  • Megapixels – Você verá frequentemente o número de megapixels que uma câmera listou diretamente na embalagem do produto. A Nikon Coolpix P900, por exemplo, tem um sensor de 16 megapixels e isso é suficiente para quase todas as situações. A especificação megapixel permite que você saiba quantos pontos compõem a imagem, como os pixels são geralmente quadrados e formam uma grade, uma câmera de 1 megapixel produzirá uma imagem de aproximadamente 1200 pixels de largura por 900 pixels de altura. Esta informação ajuda você a entender quão grande você pode imprimir suas fotos ou se você pode cortar sua imagem várias vezes e ainda poder imprimi-la em um tamanho decente. Mas só porque uma câmera tem muitos megapixels não significa automaticamente que tira fotos e vídeos nítidos e de alta qualidade. Em quase todos os casos, a lente da câmera e o tamanho de seu sensor são fatores mais importantes na produção de imagens de alta qualidade.

 

Experimente a câmera em uma loja

Antes de comprar, sugerimos testar o modelo de câmera em uma loja física, de modo que você tenha uma idéia de como a câmera se sente em sua mão e se ela é fácil de usar.

Verifique o tamanho e peso: não importa o tipo de fotógrafo que você é, você vai querer considerar o tamanho de uma câmera, bem como outros fatores ao escolher um modelo. Você quer algo portátil para viajar, como um pequeno e compacto point and shoot? Ou você pode carregar um modelo grande e volumoso, como um DSLR profissional? Lembre-se, se você estiver viajando e sua câmera é pesada, você pode acabar tirando menos fotos e pode perder momentos importantes.

Considere também os controles: o que os botões, interruptores, LEDs e alavancas fazem na câmera? Você gosta desses tipos de controles? A maioria das câmeras tem apenas alguns, e você precisará alterar a maioria das configurações no sistema de menu, razão pela qual um LCD com tela sensível pode ser útil. As SLRs possuem os controles mais físicos, o que torna a mudança das configurações rápida, mas menos intuitivas.

 

Tenha em mente os acessórios extras

Acessórios para câmeras

Além da câmera, você provavelmente vai precisar comprar alguns acessórios, que podem ser realmente importantes (como cartões de memória), podem adicionar opções de fotografia além das já existentes no aparelho (como filtros) ou podem simplesmente facilitar sua sessão de fotos (como uma boa bolsa de transporte). Existe uma enorme variedade de acessórios para câmeras por aí, aqui está uma lista dos mais comuns:

  • Bolsas e cases para câmeras
  • Cartões de memória de Classe 10
  • Baterias sobressalentes e carregadores portáteis
  • Lentes (se você está comprando uma DSLR)
  • Filtros (e outros acessórios para lentes DSLR)
  • Tripés ou monopés
  • Flashes externos
  • Refletores

Alguns varejistas empacotam esses extras com as câmeras ou pelo menos dão um desconto ao comprar mais de um item de uma só vez. Tenha em mente que o que eles oferecem em pacotes pode não atender às suas necessidades. Por exemplo, é comum oferecerem um cartão de memória de Classe 4, muito baixa para fotografias em alta resolução. Você também pode acabar comprando um acessório que não vai ser usado.

 

Conclusão

A verdade honesta é que, hoje em dia, nem todos precisam de uma câmera dedicada. Para a grande maioria dos usos casuais, um smartphone faz um trabalho bom o suficiente. Mesmo assim, há momentos em que alguém se beneficiaria de uma câmera dedicada: ocasiões especiais, eventos esportivos com muito movimento, viagens e férias, ou mesmo tirando fotos do seu antigo sofá para vendê-lo rapidamente em um classificado. E para aqueles que procuram algo a mais, a experiência de tirar fotos em uma câmera real é algo que nenhum smartphone pode imitar. Para os entusiastas, ou qualquer pessoa com uma paixão pela arte da fotografia, mesmo uma câmera de lente intercambiável de entrada proporcionará uma experiência muito mais gratificante, para não mencionar resultados muito melhores.

Com tanta concorrência lá fora, mesmo as câmeras simples continuam ficando mais complexas em versões mais novas. Por isso, se você encontrar uma câmera em que você esteja interessado, descubra quanto tempo esse modelo está no mercado, pois o fabricante pode ser sobre lançar uma nova versão. Seja lá qual for o seu objetivo ao comprar uma câmera fotográfica, fazer uma boa pesquisa antes de comprar vai garantir que a câmera escolhida atenda toda as suas necessidades por muitos anos.